21 98664-7068 21 97280-7883 21 98034-7755 santarosa@gbniteroi.com.br

A faixa-preta de Jiu-jitsu: os parabéns da Gracie Barra Santa Rosa ao Professor Vander

Professor Vander

A faixa preta é carregada de simbolismos para qualquer arte marcial. É muito comum ouvirmos no Jiu-jitsu que “o faixa preta é um faixa branca que não desistiu”. Não sabemos quem foi o autor dessa frase mas todos nós praticantes da arte suave, em seus diversos níveis, do iniciante aos mais avançados sabemos o seu significado.

Significa o comprometimento com algo em que se acredita, com uma decisão a respeito de algo que é importante para sua vida e por isso exige determinação, sacrifício e superação.

Tivemos o privilégio de acompanhar um pouco da trajetória do nosso Professor Vander dos Reis Maciel e graduá-lo a faixa-preta de Jiu-jitsu. O Professor Vander é o responsável pelas aulas da manhã na Gracie Barra Santa Rosa.

Decidimos compartilhar com você o que ouvimos do Professor Vander para que você possa, quem sabe, se inspirar na sua trajetória

Gracie Barra Santa Rosa: Parabéns Professor! Nos Diga primeiramente: Como é receber a tão sonhada faixa preta? O que sentiu, lembrou, pensou? O que acha que foi mais importante para conseguir atingir esse objetivo?

Professor Vander: Senti uma felicidade inexplicável! Acho que só quem está ali pode saber o que estou falando. Foi muito importante o meu foco, minha determinação e nunca ter desistido. Mesmo tendo vários motivos para isso, eu fui em busca dos meus sonhos dentro desse esporte que tanto amo.

Os principais desafios enfrentados

Gracie Barra Santa Rosa: São quase dez anos de Jiu-Jitsu. Que desafios enfrentou e que lições tirou dessas situações?

Professor Vander: Já passei por vários desafios, mas o mais difícil, não só no jiu-jitsu mas na vida, foi quando perdi minha irmã. Graças a Deus tive bons amigos e o meu Professor do meu lado me apoiando para que eu pudesse continuar em busca do meu sonho. A lição é que não há vitória sem sofrimento.
Agende sua aula experimental

Gracie Barra Santa Rosa: Qual a importância do Prof Mackson na sua trajetória?

Professor Vander: Mackson é como se fosse um pai pra mim. Ele me ajuda muito dentro e fora dos tatames. Não tenho palavras pra agradecer o que ele faz por mim, só gratidão.

Gracie Barra Santa Rosa: Você tem ótimos resultados como atleta. Qual é para você a importância da competição para o praticante de Jiu-Jitsu?

Professor Vander: Acho que todo praticante deve se testar na competição pelo menos uma vez. Sentir a adrenalina e ver como é estar ali. Assim, no futuro, ele pode se tornar um professor. Acho que como professor é importante ter essa experiência pra passar aos seus alunos.

Gracie Barra Santa Rosa: Qual seu maior desafio como Professor? O que tem aprendido desde que começou a dar aulas?

Professor Vander: Sempre me cobrei muito como atleta e agora ocorre o mesmo como professor. Meu desafio é sempre a evolução dos meus alunos para poder ver eles crescendo assim como eu cresci e vê-los chegar aonde eu cheguei, claro que cada um do seu jeito. Eu aprendo todos os dias com os meus alunos. Quase todos, se não todos, são mais velhos que eu. Eles sempre me aconselham e me ajudam diariamente como ser um bom professor. Aliás tenho alunos que são professores também, não de Jiu-Jitsu, mas em escolas, faculdades etc… Além disso, a boa influência de pessoas bacanas também sempre nos mantém no caminho do bem.

Gracie Barra Santa Rosa: Para você, o que faz da Gracie Barra uma equipe especial?

Professor Vander: A metodologia é diferenciada de qualquer outra escola de Jiu-Jitsu. Fazemos a diferença na vida das pessoas através do Jiu-Jitsu PARA TODOS. Este lema foi uma coisa muito importante e que só ajuda a fazer crescer o nosso esporte. Com isso, vemos pessoas que nunca se imaginaram ali dentro do tatame, vestindo um quimono e se desafiando diariamente.

Gracie Barra Santa Rosa: Que dicas e conselhos tem para dar para os nossos leitores?

Professor Vander: Se dediquem, não faltem aos treinos e tenham foco, momentos difíceis virão, mas também vão vivenciar momentos gratificantes. Mas principalmente: jamais desistam.

Publicado em 17 de junho de 2019 por